Home Saúde Centro de Especialidades de Santa Adélia desenvolve trabalho que cuida do corpo e mente
Centro de Especialidades de Santa Adélia desenvolve trabalho que cuida do corpo e mente PDF Imprimir E-mail
Ter, 12 de Maio de 2020 15:34

Centro de Especialidades Santa Adelia

Patrícia Cavalini

A preocupação com o bem-estar das famílias de Santa Adélia é uma das prioridades do Governo Municipal. Por isso, a Secretaria de Saúde vem realizando o trabalho através do Centro de Especialidades na área de suporte psicossocial e nutricional.

"É muito importante que quem esteja sofrendo devido as necessárias medidas adotadas pelos governos federal, estadual e municipal diante do perigo que é o coronavírus, procure o Centro de Especialidades. Graças a Deus, temos condições de colocar à disposição de todas as nossas famílias profissionais qualificados para cuidar do corpo e mente", disse o prefeito Guilherme Colombo da Silva.

O serviço prestado gratuitamente para toda a população foi intensificado nos últimos dias, por determinação do prefeito Guilherme, para fazer frente a este enfrentamento a pandemia que o mundo está passando.

Recentemente, o prefeito Guilherme contratou uma experiente e renomada fonoaudióloga para o Centro de Especialidades.
Esta é uma nova e necessária etapa devido ao momento difícil e crítico, e assim o trabalho está sendo desenvolvido.

O Centro de Especialidades fica no prédio do antigo Centro Cultural, junto a Secretaria e outros serviços de Saúde, e atende das 7h às 17h.

Segundo a secretária de saúde, Tânia Canossa, devem procurar ajuda profissional todos que estiverem sofrendo com ansiedade, insônia, irritações, além de que o isolamento pode causar obesidade, entre outros problemas. “Para tudo isto, a Prefeitura tem profissionais altamente qualificados que estão à disposição da população para atender da melhor maneira possível, como exigiu o prefeito Guilherme”, contou Tânia.

No Centro de Especialidades estão disponíveis as profissionais Fabrícia P. Fernandes (psicóloga), Iara N. Zaniboni (psicóloga), Ana Paula Chaves (nutricionista) e Karla T. A. Herrera (fonoaudióloga). No local, é realizado em média 12 consultas de psicologia/dia, 12 de nutrição e 36 atendimentos/semana com a fonoaudióloga.

“Tudo visando evitar os impactos negativos deste momento de guerra contra o coronavírus, a fim de que a população possa, apesar de tudo, ter uma vida saudável e com boa qualidade”, finalizou Guilherme.