Home Social Conselho do Idoso e Prefeitura realizam Conferência Municipal do Idoso
Conselho do Idoso e Prefeitura realizam Conferência Municipal do Idoso PDF Imprimir E-mail
Qua, 27 de Fevereiro de 2019 09:09

Patrícia Cavalini

 Idosos, representantes da sociedade civil e do Poder Público estiveram presentes na II Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Santa Adélia

Idosos, representantes da sociedade civil e do Poder Público estiveram presentes na II Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Santa Adélia

 

O Conselho Municipal dos Direitos do Idoso, a Prefeitura de Santa Adélia, a Secretaria Municipal do Bem Estar Social e o Centro de Referência da Assistência Social Gessy Mota Formigoni (CRAS) realizaram a II Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa na última quarta-feira, dia 20.

Como outras conferências, esta ocorre a cada dois anos ou de acordo com orientação do Conselho Nacional dos Direitos do Idoso, e tem como objetivo avaliar a implementação das políticas públicas e propor diretrizes para o período seguinte. Para tanto, são eleitos delegados que representarão os municípios nas conferências estaduais e nacional.

“Esse momento é importante, pois promove participação social e democratiza as decisões do poder público, fazendo com que as necessidades e anseios dos idosos entrem na agenda pública”, disse Marcela Alvares, secretária do Bem Estar Social.

As discussões da Conferência também foram permeadas por quatro eixos: Direitos Fundamentais na Construção/Efetivação das Políticas Públicas; Educação: assegurando direitos e emancipação humana; Enfrentamento da Violação dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa; Os Conselhos de Direitos: seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação das políticas públicas.

Cada eixo foi trabalhado em grupos para que a partir de então fossem elaboradas propostas que serão apresentadas ao Conselho Estadual dos Direitos do Idoso e então entrar nas pautas da Conferência Estadual que será realizada ainda em 2019.

“Esta conferência foi um momento para os idosos discutirem as políticas públicas e propor novas ações para o fortalecimento da rede de proteção, além de conferir e avaliar o que está sendo realizado. Fico muito feliz pela participação de todos, em ver que muitas pessoas vieram para discutir e colaborar com as ações realizadas para os idosos”, finalizou a secretária.