Home Administração Guilherme define secretariado e assessores
Guilherme define secretariado e assessores PDF Imprimir E-mail
Qui, 19 de Janeiro de 2017 09:43

Gislaine Sampaio

O prefeito Guilherme Colombo da Silva definiu seu secretariado e alguns ocupantes de cargos importantes da administração municipal. As pastas de Educação, Bem Estar Social e Saúde serão ocupadas por Sandra Luzia Simon, Marcela Bruna Nappi Alvares e Fabrício Franco, respectivamente.

São três áreas significativas para o sucesso de uma gestão municipal e Guilherme explica que a escolha se baseou em conhecimento técnico. "São três profissionais extraordinários e experientes nas áreas em que atuarão", aponta.

Fabrício Franco é o único acostumado à gestão pública. Atual secretário municipal da Saúde, Fabrício é farmacêutico bioquímico, pós-graduado em Gestão Pública Plena com ênfase em Saúde Pública e Assistência Farmacêutica, e acompanhou de perto todas as transformações promovidas no município durante a gestão Marcelo Hercolin. "A Saúde de Santa Adélia passou por profundas transformações ao longo dos últimos oito anos. Marcelo foi um dos melhores prefeitos que a cidade já viu neste quesito e me sinto feliz por fazer parte desta transformação. Mais ainda por ver este trabalho reconhecido a ponto de poder dar continuidade na administração de Guilherme e Júnior Formigoni", afirmou.

Uma das principais metas de Fabrício é manter o atendimento que a população já se acostumou a ter. "Tivemos redução significativa de recursos, o que nos obrigou a rever alguns projetos, mas acredito na nossa capacidade de continuar oferecendo mais e melhor para os munícipes", pontuou.

Fabrício acredita que será possível manter a média de recursos aplicados na Saúde. "A gestão de Marcelo priorizou acabar com as filas e listas de espera; ampliar o acesso aos serviços especializados, exames e medicamentos, além de ampliar a rede municipal de atendimento, não só na estrutura física, como também de equipes. Me sinto lisonjeado e agradecido por ter mais essa oportunidade em continuar trabalhando para a melhoria da saúde pública de nossa cidade e vamos dar o nosso melhor nos próximos anos", declarou.

Sandra é pedagoga e professora do município há 15 anos. A experiência adquirida em sala de aula e no ambiente escolar lhe dão a sensibilidade e a visão necessárias para manter as políticas públicas na Educação, principalmente diante da crise econômica que assola o país. "O Brasil se encontra numa situação complicada, mas a administração de Guilherme e Júnior está se preparando para atravessar esta crise sem causar aborrecimento e desconforto à população. Vamos planejar todos os compromissos financeiros, reduzir custos e centralizar nossa atenção e recursos naquilo que é realmente prioritário", apontou.

Neste início de governo Sandra se mostra confiante e aponta as prioridades da sua pasta. "Daremos início ao ano letivo com planejamento e capacitação dos professores, escolhendo o material didático, distribuindo os materiais escolares - gratuitos para todos os estudantes, verificando questões como transporte e merenda de boa qualidade, além de estabelecer os projetos para o restante do ano letivo", aponta.

A Secretaria de Bem Estar Social será ocupada pela cientista social Marcela Alvares. Com sólida formação acadêmica na área – acaba de concluir mestrado tendo como base de estudos programas de distribuição de renda e educação, Marcela acredita que sua experiência poderá contribuir para os projetos sociais do governo que se inicia. "Durante as pesquisas acadêmicas que realizei junto aos beneficiários de programas de transferência de renda, em especial do Programa Bolsa Família, foi possível adquirir uma sensibilidade em relação aos problemas dos beneficiários que, muitas vezes, são comuns, principalmente quando dizem respeito ao acesso a políticas públicas voltadas à população mais vulnerável socioeconomicamente. A experiência acadêmica possibilita ainda ter acesso a diversas perspectivas sobre as políticas sociais que poderão me auxiliar no exercício do cargo", apontou.

Marcela conta que pretende dar continuidade ao bom trabalho realizado até agora na área social, o diálogo com as demais secretarias e a relação de confiança com a população. A secretária revela ainda que a queda na arrecadação e expectativa de dias difíceis no ano que começa não a desanimam. "Tendo em vista a difícil realidade econômica vivenciada em todas as esferas, os cortes no orçamento são previsíveis. Buscarei, junto com toda a equipe de governo, os melhores caminhos para ultrapassar esse momento conturbado e que exige cautela dos gastos públicos. Uma estratégia da qual poderemos lançar mão são as parcerias com o terceiro setor", afirmou.

Outra linha de trabalho que Marcela pretende lançar mão é manter a relação harmônica entre as funções que cabem ao Fundo Social, Centro de Referência de Assistência Social e Secretaria do Bem-Estar Social e transmitir à população a confiança no trabalho realizado por estes setores. "Minhas expectativas estão voltadas para colaborar com a gestão do prefeito Guilherme e seu vice Júnior Formigoni, no sentido de atuar para que Santa Adélia continue caminhando sempre em direção ao desenvolvimento e com os olhos atentos as necessidades e anseios da população", finalizou.

Guilherme também deverá manter Paulo Bergamasco na coordenação geral da Prefeitura, além de outras figuras em postos estratégicos da administração municipal. "Os próximos anos serão de grandes desafios e estes primeiros meses deverão significar muito trabalho e aprendizado que espero superar levando em conta a experiência que tenho na gestão privada e nos anos em que atuei como vereador e presidente do Legislativo municipal. Estamos otimistas de que conseguiremos superar os obstáculos que possam surgir ao bom andamento do nosso trabalho à frente da Prefeitura de Santa Adélia e de que vamos honrar a confiança em nós depositada", finalizou o prefeito.