Home Administração Ministério Público pede anulação de concurso público
Ministério Público pede anulação de concurso público PDF Imprimir E-mail
Qui, 18 de Abril de 2019 09:44

Forum 2 

Patrícia Cavalini

O promotor de Justiça, Celso Armando Baroni Ribeiro Rodrigues, sugeriu que a Prefeitura de Santa Adélia anule o concurso nº 001/2019, realizado no dia 17 de março.

 

O documento da Promotoria de Justiça recomenda que o município declare a nulidade, pois, segundo o documento “foi constatado nas provas do concurso púbico 01/2019 a ocorrência de plágio nas questões do certame, pois diversas questões consistiam em cópia idêntica ou quase idêntica de questões ou exemplos disponíveis na rede mundial de computadores”. Ainda de acordo com a Promotoria, “questões disponíveis na rede mundial de computadores implicam na violação dos princípios de isonomia, legalidade e moralidade pública”.

“O promotor recomendou que a Prefeitura de Santa Adélia anule o concurso e vamos acatar essa decisão. Nossa administração preza pela transparência e honestidade, por isso seguimos a sugestão do promotor Celso”, disse o prefeito Guilherme Colombo da Silva.

O prefeito informa que o processo de contratação, licitação e aplicação das provas foi totalmente lícito, não havendo nenhum questionamento nesses quesitos, a única questão levantada pelo promotor foi a suspeita de plágios nas perguntas.

O concurso foi aplicado pela empresa Proam Assessoria e Consultoria Ltda ME. “Essa mesma empresa realizou concurso no município vizinho de Ariranha, e o promotor também recomendou a nulidade”, contou Guilherme.

“Queremos esclarecer que estamos programando a devolução da taxa de inscrições de todos que participaram e em breve vamos divulgar como este processo será realizado. Todos serão restituídos com o valor pago. Um novo concurso será realizado, mas vamos passar por todos os trâmites legais novamente, não havendo data certa para sua realização”, finalizou o prefeito.