Home Saúde Pagamento das dívidas da Santa Casa atinge marca de R$ 1 milhão
Pagamento das dívidas da Santa Casa atinge marca de R$ 1 milhão PDF Imprimir E-mail
Seg, 25 de Março de 2019 17:00

Guilherme e Anderson 

Patrícia Cavalini

Neste mês, a Santa Casa de Misericórdia de Santa Adélia atingiu uma marca impressionante. Em cerca de um ano e meio, a entidade já pagou R$ 1.015.227,02 de dívidas relativas ao FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e processos trabalhistas.

Segundo o presidente da entidade, Anderson Senson, foi necessário o parcelamento e o início do pagamento para que a Santa Casa continuasse de portas abertas. “Sem parcelar essas dívidas, não teríamos a Certidão Negativa de Débitos. Sem esse documento não receberíamos mais nenhuma verba, nem a do município, que é essencial para a sobrevivência da entidade, pois com ela que pagamos médicos, plantonistas, funcionários, além de compra de material como medicamentos e de limpeza”, explica.

Até agora foram pagos R$ 82.800 para um processo trabalhista movido por profissionais médicos que trabalharam na entidade. Para o INSS foram pagos R$ 672.550,40 e para a dívida com o FGTS, a Santa Casa já pagou R$ 259.876,62. “O montante é muito grande, foram anos e anos de dívidas se acumulando e agora tivemos que enfrentar esse parcelamento para que a população de Santa Adélia não ficasse sem o atendimento da Santa Casa, que é imprescindível”, disse o prefeito Guilherme Colombo da Silva, que está batalhando junto com a diretoria desde 2017 por melhorias.

“Estamos negociando ainda com a Justiça para que o valor diminua, mas não é uma tarefa fácil. Esse valor poderia estar sendo investido na entidade, mas é um mal necessário, temos que pagar para que o atendimento continue e para pleitear verbas junto a deputados e governos estadual e federal”, salienta Anderson.

O presidente lembra que ainda restam muitas parcelas da dívida, mas que o pagamento está em dia e vai continuar assim. “Com isso, estamos recebendo a ajuda da Prefeitura, muito importante para nossa entidade, e nos últimos meses recebemos R$ 550 mil em repasses de emendas de deputados estaduais. Investimos em aparelhos e na manutenção da Santa Casa, para melhorar cada vez mais o atendimento prestado aos santa-adelienses”, finalizou Anderson.