e-SIC

LogoOuvidoria

LogoTransparencia

Rádio Santa Adélia

 

portal do cidadao

ITR01.jpg

holerite-oline.jpg

Mapa da cidade

Clique sobre a imagem

mapa_small

Fotos da Cidade

Links Úteis

 

Creche

Conheça nossa Instalação Modelo: Creche Escola Centenário

Visitação: Das 8h às 16h

Endereço: Rua Sebastião Rodrigues, nº 1085

Telefone: (17) 3571-4031

Agende sua visita!

Saiba mais sobre o coronavírus e como se prevenir

midiasB.jpg

O que é coronavírus? (COVID-19)

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China. Provoca a doença chamada de coronavírus (COVID-19).

Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1...

Entre as medidas preventivas estão:

  • Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas ou que apresentem sintomas da doença;
  • Realizar lavagem frequente das mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente.  Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
  • Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • Manter os ambientes bem ventilados;
  • Limpar e higienizar objetos e superfícies tocados com frequência;

Importante: 

  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
  • Para a realização de procedimentos que gerem disseminação de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Transmissão

As investigações sobre a transmissão do coronavírus ainda estão em andamento, mas a disseminação da doença se dá por contato próximo de pessoa por pessoa e pode ocorrer de forma continuada.

Alguns vírus são altamente contagiosos (como sarampo), enquanto outros são menos. Ainda não está claro com que facilidade o coronavírus se espalha de pessoa para pessoa. Apesar disso, a transmissão costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como:

  • Gotículas de saliva;
  • Espirro;
  • Tosse;
  • Catarro;
  • Contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;
  • Contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

O período médio de incubação por coronavírus é de 5 dias, com intervalos que chegam a 12 dias, período em que os primeiros sintomas levam para aparecer desde a infecção.

A transmissibilidade dos pacientes infectados é em média de 7 dias após o início dos sintomas. No entanto, dados preliminares sugerem que a transmissão possa ocorrer mesmo sem o aparecimento de sinais e sintomas. Até o momento, não há informações suficientes de quantos dias anteriores ao início dos sinais e sintomas uma pessoa infectada passa a transmitir o vírus.

Sintomas

Os sintomas são semelhantes a um resfriado. Podem, também, causar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias. Os principais são indícios são:

  • Febre
  • Tosse
  • Dificuldade para respirar

Vale destacar que o vírus pode ficar incubado por duas semanas, período em que os primeiros sintomas levam para aparecer desde a infecção.

Diagnóstico

O diagnóstico é feito com a coleta de materiais respiratórios (aspiração de vias aéreas ou indução de escarro). É necessária coleta de duas amostras na suspeita do coronavírus (COVID-19), que serão encaminhadas para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen).

Para confirmar a doença é necessário realizar exames de biologia molecular que detecte o RNA viral. O diagnóstico é feito com a coleta de amostra, que está indicada sempre que ocorrer a identificação de caso suspeito.

Os casos graves devem ser encaminhados a um Hospital de Referência para isolamento e tratamento. Os casos leves devem ser acompanhados pela Atenção Primária em Saúde (APS) e instituídas medidas de precaução domiciliar.

Tratamento 

Não existe tratamento específico para infecções causadas por coronavírus humano. É recomendado repouso e consumo de bastante água. Outras medidas também devem ser adotadas para aliviar os sintomas, dependendo de cada caso, como, por exemplo:

  • Uso de medicamento para dor e febre (antitérmicos e analgésicos)
  • Uso de umidificador no quarto ou tomar banho quente para auxiliar no alívio da dor de garanta e tosse

Importante: Ao surgirem os primeiros sintomas, é fundamental procurar ajuda médica imediata para confirmar diagnóstico e iniciar o tratamento.

 

Coronavirus.jpeg

Hospital-Sao-Vicente-de-Paulo-Coronavirus.jpg

Santa Adélia tem explosão de atendimentos na Saúde
Ter, 29 de Novembro de 2011 16:58
A Secretaria de Saúde de Santa Adélia fez um balanço dos atendimentos oferecidos à população e constatou o que já se imaginava: o número de pessoas atendidas e de serviços prestados apresentou crescimento surpreendente quando comparado ao resultado de 2009, ano em que o prefeito Marcelo Hercolin assumiu a Prefeitura e a Secretaria passou a fazer este acompanhamento. Segundo a Secretaria 13.211 usuários receberam 55.321 atendimentos em 2009. No ano seguinte foram 73.926 serviços prestados para 15.878 pacientes. Este ano, até outubro, já se contabiliza 82.716 atendimentos para 13.328 santa-adelienses.
De acordo com o secretário Fabrício Franco, o levantamento mostra os avanços do setor. "Antes de 2009 a demanda era muito maior que a oferta de serviços e isto foi gradativamente equiparado. Hoje chegamos num ponto de estagnação e a tendência para os próximos anos é até haver uma diminuição no número de atendimentos, estabelecendo um ponto de equilíbrio sustentável entre a verdadeira demanda dos usuários e a oferta de serviços em saúde", explica.
Um dos fatores que contribuiu para este salto foi a contratação de profissionais que passaram a atender na rede municipal, como mostramos em reportagens anteriores – oftalmologia, otorrinolaringologia e psiquiatria, por exemplo. "Esta medida fez o número de consultas feitas em Santa Adélia saltar de 53.797 em 2007, para 93.194 em 2010, ou seja, crescimento de 73%. Este ano já atingimos a marca de 75.192", exemplifica Fabrício.
A oferta de serviços como fisioterapia, fonoaudiologia e psicologia representam outro crescimento expressivo. "Em 2007 2.653 pacientes receberam atendimento de fisioterapia. Em 2009 foram 5.579, em 2010 9.519 e este ano já estamos com 8.155 pessoas atendidas. A tendência se repete quando falamos de atendimentos com psicólogos e fonoaudiólogos", relata o secretário.
Outro exemplo desta explosão nos números pode ser constatado nos serviços odontológicos, que passaram de 7.150 em 2007 para 12.647 em 2010, crescimento de 76,8%.
Fabrício acredita que os números tendem a estacionar. "A contratação destes novos profissionais de saúde está proporcionando uma melhor distribuição do contingente de usuários que agora, passado o período de adequação, são atendidos pelos profissionais com mais tempo, menos espera e melhor qualidade", avalia.
Ter a demanda sob controle poderá permitir outras melhorias para a população. "Esta é a situação que aguardávamos, para que pudéssemos atuar de forma tranquila, nas questões pontuais de saúde pública em Santa Adélia, otimizando os recursos financeiros, aplicando logística adequada e promovendo a continuidade do serviço público sem prejuízo à população daquilo que já está concretizado", prevê.
Para o prefeito Marcelo Hercolin, estes números refletem que o poder público está conseguindo cumprir seu papel de provedor dos serviços de saúde para a população. "É nosso dever oferecer acesso aos munícipes quando precisam de atendimento para a saúde e ficamos felizes em poder investir mais do que o dobro preconizado pela lei para que a população tenha o que precisa: atendimento de qualidade e acesso aos mais diversos recursos para tratamento", aponta Marcelo ao lembrar que Santa Adélia investe 30% de seu orçamento anual na saúde, quando a lei recomenda pelo menos 15%.
O período escolhido para comparação, dos últimos quatro anos, é o mesmo usado pelo município para prestação de contas junto ao governo do Estado, na Conferência Municipal de Saúde, realizada no meio do ano.
Fisio4
A Secretaria de Saúde de Santa Adélia fez um balanço dos atendimentos oferecidos à população e constatou o que já se imaginava:
Leia mais... [Santa Adélia tem explosão de atendimentos na Saúde]
 
Ariranha e Santa adélia fazem Mutirão do Lixo Eletrônico
Ter, 29 de Novembro de 2011 15:43
As prefeituras de Ariranha e Santa Adélia, em parceria com os Conselhos Municipais do Meio Ambiente de cada município, vão realizar o Mutirão do Lixo Eletrônico, de 28 de novembro a 2 de dezembro.
A ação tem como objetivo recolher materiais como computadores, aparelhos celulares, e outras sucatas eletrônicas (ver tabela) que devem ser retiradas do meio ambiente. "Alguns equipamentos eletrônicos são feitos com materiais que, quando expostos, podem representar perigo para a nossa saúde, provocando até um câncer por causa de produtos químicos presentes em seus componentes", explica a engenheira ambiental Milena Lozano, que representa a empresa Eletrolixo, responsável pela retirada de todo o material dos dois municípios.
Segundo Milena, quem quiser se desfazer de velhos computadores, pode ficar seguro de que os conteúdos não serão violados. "Nada será reutilizado, todo este material será reciclado. As placas de computadores, por exemplo, são trituradas e o HD (memória interna do computador) será magnetizado apagando todos os dados que possam estar ali", assegura.
Na última quarta-feira Milena se reuniu com representantes dos dois municípios para traçar as estratégias do mutirão e distribuir o material para divulgação. Em Santa Adélia participaram representantes do Conselho Municipal do Meio Ambiente, o prefeito Marcelo Hercolin e a interlocutora do programa Município Verde Azul, Flávia Banhos.
Em Ariranha o Conselho do Meio Ambiente enviou representantes, além do interlocutor do programa, Silvio ....., a diretora da Educação, Siumara Marques, e o prefeito Joamir Barboza.
O Mutirão terá pontos estratégicos para a coleta dos produtos. Em Ariranha os moradores poderão levar os equipamentos e acessórios para os pontos de coleta na Casa da Agricultura e no Almoxarifado. "Os alunos da rede municipal poderão levar o lixo eletrônico para as respectivas escolas até o dia 25 de novembro", aponta a diretora de Educação, Siumara Barbosa Marques. Os ariranhenses que queiram saber mais podem ligar para 3576-1102.
Em Santa Adélia os postos de coleta são a Prefeitura, a Escola Estadual Dr. Luiz Dumont, as escolas municipais Diego Seguro Martins e Adelino Honorato Bertolo e a CEPE Dra. Lazara de Godoy. Para saber mais basta ligar para 3571-3700.
BOX:
Materiais que podem ser coletados
Computadores e sucata de informática (monitores, teclados, mouse, CPU, estabilizador, driver, impressora, etc)
TV’s, celulares, telefones e fax
Aparelhos de DVD, videocassete e som
Fios, cabos, placas e circuitos eletrônicos
Pilhas e baterias
Obs: O Mutirão não vai coletar Lâmpadas Fluorescentes
Lixo-Eletronico-Santa-Adelia
As prefeituras de Ariranha e Santa Adélia, em parceria com os Conselhos Municipais do Meio Ambiente de cada município, vão realizar o Mutirão do Lixo Eletrônico, de 28 de novembro a 2 de dezembro.
Leia mais... [Ariranha e Santa adélia fazem Mutirão do Lixo Eletrônico]
 
Agentes Ambientais se formam em Santa Adélia em cerimônia emocionante
Qui, 24 de Novembro de 2011 11:40

 

Jovens-Agentes-1


Projeto foi desenvolvido pela Usina Colombo em parceria com a Prefeitura de Santa Adélia e AW&G Assessoria e Consultoria. A iniciativa formou 40 jovens que vão defender o meio ambiente e multiplicar o que aprenderam.

 

Leia mais... [Agentes Ambientais se formam em Santa Adélia em cerimônia emocionante]
 
Karateca busca forças no tatame para voltar à ativa
Seg, 07 de Novembro de 2011 16:31

Marcelo_e_Eliene

A karateca Eliene Vilasboas está de volta à academia Schutze e ao projeto realizado em parceria com o município para revelar os talentos desta arte marcial. Por enquanto a atleta retomou apenas as aulas, junto ao treinador e incentivador Marcelo Schutze.

Leia mais... [Karateca busca forças no tatame para voltar à ativa]
 
Mais de cem gestantes santa-adelienses foram acompanhadas em 2010
Seg, 17 de Outubro de 2011 13:15

Fabrcio-Franco

Secretário de Saúde, Fabrício Franco, acompanha detalhadamente o atendimento à gestante na cidade.


As gestantes de Santa Adélia estão recebendo cuidados e atenção especial por parte da Secretaria Municipal de Saúde.

A cada ano, o número de mulheres grávidas, acompanhadas em seu pré-natal, vem crescendo substancialmente.

Leia mais... [Mais de cem gestantes santa-adelienses foram acompanhadas em 2010]
 
Administração Marcelo Hercolin tem contas aprovadas pela Câmara
Seg, 17 de Outubro de 2011 12:55

 

Marcelo-Hercolin-gabinete

Vereadores corroboram decisão do Tribunal de Contas do Estado e acatam parecer que aprovou prestação de contas da administração municipal de 2009.

 

O prefeito de Santa Adélia, Marcelo Hercolin (DEM), teve suas contas também aprovadas pela Câmara Municipal em sessão realizada no início do mês. Em julho Marcelo já havia recebido a aprovação do Tribunal de Contas do Estado e o parecer do órgão foi encaminhado ao legislativo de Santa Adélia para apreciação e votação.

Leia mais... [Administração Marcelo Hercolin tem contas aprovadas pela Câmara]
 


IPTU Verde