Praça vai ganhar nova iluminação PDF Imprimir E-mail
Ter, 05 de Julho de 2011 12:23

Luminria_destruda_1

Prefeito Marcelo Hercolin quer que a praça volte a ser ponto de encontro da família santa-adeliense.

 

 

A Praça Ademar de Barros, ponto central de Santa Adélia, passa por reformas que vão transformar sua iluminação e permitir que o local volte a ser opção de lazer para a família santa-adeliense. O projeto de reestruturação da iluminação da praça prevê novas e mais modernas luminárias, lâmpadas mais econômicas e resistentes ao vandalismo que, infelizmente, ainda teima em destruir o patrimônio público. Para o prefeito de Santa Adélia, Marcelo Hercolin (DEM), a obra é um passo importante para a reestruturação dos pontos de lazer e encontro das famílias da cidade. "A praça vai ficar linda, fartamente iluminada trazendo mais segurança para quem quiser usufruir de momentos de lazer em nossa cidade. Queremos ver as famílias, os casais de namorados, crianças e idosos aproveitando este espaço", prevê Marcelo.Segundo ele, hoje a praça tem pouca iluminação, com postes baixos que permitem Praa__noitea ação dos vândalos. "Quem gosta da praça escura para a prática de delitos ou outras ações, quebra as lâmpadas ou força para que elas queimem, o que traz prejuízos aos cofres municipais e destruição ao patrimônio público", explica Marcelo. Além disso, a praça mal iluminada afasta as pessoas que procuram por um local seguro e propício ao lazer e à integração social.
A obra, orçada em R$ 140 mil, será realizada com recursos do Ministério do Turismo. O repasse foi feito através de emenda do deputado federal José Mentor (PT), que atuou graças à intervenção do vice-prefeito Euclides Balancin (PT) e do vereador Tião Monteiro (PT). "Estivemos com José Mentor em 2009, levados pelo nosso grande companheiro Balancin, apresentando as nossas solicitações. Mentor nos acenou com duas verbas importantes, vindas do Ministério do Turismo. Aceitamos de pronto!", conta o prefeito.
Segundo Marcelo, a outra verba enviada pelo Ministério do Turismo, também de R$ 140 mil, será usada para a construção do portal em Santa Adélia. "É uma forma de dar boas vindas aos que visitam nossa cidade, que já tem fama de ser amigável e hospitaleira", explica o prefeito. "Já vi estes portais em muitas cidades que visitei e eles causam um ótima impressão aos visitantes, demonstram que os moradores recebem quem vem de fora sempre de coração aberto, além de transmitir aos moradores a sensação de orgulho pela comunidade onde vive", avalia.
O portal também terá mensagem de despedida. "Acho que, além de ser uma obra arquitetônica que trará mais beleza para a entrada de nossa cidade, deixará para os que chegam ou partem a impressão verdadeira de que formamos uma comunidade cortês, hospitaleira e amiga", finaliza.
Segundo o setor de Obras, as obras para o novo portal devem começar ainda neste semestre.

BOX
Verbas têm destinação específica
As verbas liberadas aos municípios, federais ou estaduais, que têm destinação específica, não podem ser usadas em outras obras, sob pena de punição aos administradores públicos. Segundo juristas especialistas em Direito Público, existem leis que regem a aplicação do dinheiro enviado aos municípios para determinados projetos. "As verbas enviadas para obras pertinentes à fonte, devem ser aplicadas para o que foi proposto", informam. Em Santa Adélia, por exemplo, a verba liberada pelo Ministério do Turismo, para o projeto do portal da cidade, não pode ser usada para outro fim. "Sabemos de muitos prefeitos e prefeitas que usam a verba em outras obras ou necessidades de seu município, até com boa fé e pensando naquilo que é preciso em determinado momento, e que são punidos pelo Ministério Público em seguida", informa o prefeito Marcelo Hercolin. Segundo ele, a fiscalização da aplicação da verba liberada é sempre muito atenta e rigorosa.