Prefeito pede ajuda da Defesa Civil estadual para Santa Adélia PDF Imprimir E-mail
Seg, 18 de Março de 2013 13:33

Marcelo-e-cel-Defesa-Civil

O prefeito de Santa Adélia procurou, novamente, a ajuda do Estado para conseguir recursos que serão aplicados na implantação de galerias para captação de águas pluviais em trecho entre as ruas Sete de Setembro e Serafim Formigoni.

Marcelo Hercolin (Democratas) argumenta que a região acima desta área teve crescimento populacional com o lançamento de novos loteamentos e conjuntos residenciais. "Houve um aumento significativo de áreas impermeabilizadas. Quando chove a água escorre e vai aumentando o volume até chegar neste ponto que citei. Por isso é tão necessário colocar estas galerias subterrâneas para que a água não desça com força provocando alagamentos e destruindo o que encontra pela frente", explicou o prefeito.

A conversa desta vez foi com o coronel PM Marco Aurélio Alves Pinto, que acaba de assumir o posto de secretário da Casa Militar e da Defesa Civil do Estado. "O secretário nos acenou com a possibilidade de apoio para esta obra, tão importante", conta Marcelo.

Durante sua reunião com o militar, Marcelo externou também sua preocupação com os estragos provocados pelo vendaval que atingiu a cidade no final de 2012. "O secretário dos informou que o governo estadual tem apenas programas ou destinação de recursos para obras públicas, e que nada poderá ser feito com relação aos prejuízos registrados por particulares", relatou.

O prefeito afirmou ainda que a Prefeitura, por razões legais, não poderá fazer muito mais. "Temos regras e leis que precisam ser observadas e, mesmo que tenhamos desejo de ajudar, nada poderemos fazer através da Prefeitura", afirmou.

Sobre os recursos para as galerias, Marcelo voltou de São Paulo otimista com o resultado dos encontros que teve. "Apresentamos nossas demandas e reivindicações e sempre temos confiança de sermos atendidos", finalizou.