BannerMunicipioVerdeAzul

Home Meio-Ambiente Prefeitura aperta fiscalização contra desperdício de água
RS3 – Plano de Gestão de Resíduos Sólidos Plano Municipal de saneamento básico Guia de Arborização Urbana
Prefeitura aperta fiscalização contra desperdício de água PDF Imprimir E-mail
Seg, 07 de Agosto de 2017 12:26

Gislaine Sampaio

O Departamento de Água e Esgoto de Santa Adélia intensificou a fiscalização para coibir o desperdício de água. “A falta de chuvas acaba levando as pessoas a usarem água tratada, que distribuímos para toda a população, para lavar quintais, calçadas e até carros, e isso é um desperdício que precisa ser evitado”, avisa Ailton Donizete Marquezini, o Ito do setor de Água e Esgoto.

Segundo dados da Estação Meteorológica da Fazenda Santa Sofia, as últimas chuvas caíram sobre Santa Adélia no dia 22 de maio. De lá para cá são 76 dias sem chover. “Os nossos poços trabalham ininterruptamente para abastecer a cidade e isso também é preocupante, por isso pedimos o bom senso dos moradores, pois economizar é um dever de todos”, pediu o prefeito Guilherme Colombo da Silva.

Com os números em mente, gritando por moderação, os agentes de fiscalização saem às ruas para verificar se a lei, aprovada em 2015, está sendo cumprida e se ações que são consideradas desperdício estão acontecendo. “Lavar calçadas, ruas ou quintais com uso contínuo de água; manter vazamentos de água; manter torneiras, canos, conexões, válvulas, caixas d ́água e reservatórios, tubos ou mangueiras eliminando água continuamente; lavagem de veículos com uso contínuo de água, excetuando-se os casos de lava-cars e postos de abastecimento, que deverão possuir sistema visando à redução do consumo de água ou a reutilização desta, a ser verificada quando do seu licenciamento; preencher piscina”, são alguns dos casos.

O infrator, ao ser flagrado, recebe uma advertência, através de notificação. “Se a notificação não for cumprida, a multa, no valor de R$ 299,75, é aplicada e o valor dobra em caso de reincidência”, explica Ito.

O serviço de Água da cidade pede o apoio da população para denunciar os casos de desperdício. “Qualquer pessoa que constatar o descumprimento da lei, poderá denunciar o fato ao Poder Público, pessoalmente ou através de ligação telefônica, sem necessidade de identificação. Nossas equipes vão checar e, se o desperdício for comprovado, as medidas cabíveis serão tomadas”, afirma Ito.

Legenda:

Lavar calçadas é uma das principais infrações de desperdício de água