BannerMunicipioVerdeAzul

Home Meio-Ambiente Santa Adélia fica em 3º lugar no Programa Município VerdeAzul
Resolução conselho municipal de meio ambiente Guia de Arborização Urbana
Santa Adélia fica em 3º lugar no Programa Município VerdeAzul PDF Imprimir E-mail
Seg, 14 de Janeiro de 2019 15:50

Patrícia Cavalini

O município de Santa Adélia é o terceiro colocado no ranking ambiental do Estado de São Paulo em 2018.

O anúncio foi feito em evento realizado no dia 20 de dezembro, no Palácio dos Bandeirantes, com a presença do governador Márcio França e do secretário de Estado do Meio Ambiente, Eduardo Trani. A classificação faz parte do Programa Município VerdeAzul (PMVA), iniciado pela Secretaria do Meio Ambiente (SMA) em 2007 e que premia os municípios com melhor desempenho, levando em conta diversos quesitos ambientais, com o objetivo de medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental com a descentralização e valorização da agenda ambiental.

Santa Adélia obteve 93,20 pontos, ficando atrás somente de São José do Rio Preto (1º lugar – 94,65 pontos) e Botucatu (2º lugar - 93,96 pontos). O certificado reconhece a boa gestão ambiental municipal e garante à prefeitura premiada preferência na captação de recursos do Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição (FECOP).

O ranking ambiental é resultado da avaliação técnica das informações fornecidas pelos municípios, com critérios preestabelecidos de medição da eficácia das ações executadas. O Indicador de Avaliação Ambiental – IAA é publicado para que o poder público e toda a população possam utilizá-lo como norteador na formulação e aprimoramento de políticas públicas e demais ações sustentáveis. “É um processo anual. Todo ano começa um novo ciclo em outubro. Podemos ver o que foi o município nos últimos 30 anos e, fazendo as diretivas e as tarefas, conseguimos projetar como serão os próximos 30 anos”, explica o coordenador do PMVA, José Walter Figueiredo, que acredita que os municípios devem ter vontade política, conhecimento técnico e, principalmente, engajamento de suas equipes.

Para o prefeito Guilherme Colombo da Silva, que esteve presente na cerimônia e recebeu o prêmio das mãos do secretário de Meio Ambiente, o resultado vai refletir na qualidade de vida da população. “É uma importante conquista, não só pelo prêmio, mas porque é resultado do trabalho de todos, com reflexos a longo prazo na qualidade de vida da população, pois estamos trabalhando com ações ambientais e que serão percebidas pelas futuras gerações”, afirmou.

Para a interlocutora do programa em Santa Adélia, Flávia Banhos Hercolin, cumprir cada uma das dez diretivas é um trabalho intenso, continuado e que precisa ser minuciosamente acompanhado ano a ano. “Ao longo do ano nossa equipe desenvolveu políticas públicas de meio ambiente no município, com apoio da atual gestão e também dos demais setores. O grande objetivo do programa é oferecer um município com esgoto tratado, ar de qualidade, educação ambiental, separação correta de resíduos, enfim, ações que melhorem a nossa qualidade de vida e preservem o planeta para as gerações futuras”, afirmou.

Santa Adélia subiu três posições em relação ao ranking do ano passado. Em 2017, o município ficou na 6ª colocação. “Parabenizo a equipe formada pela interlocutora Flávia, pela suplente Patrícia Cavalini e pela procuradora jurídica Eva Donato, que se dedicaram a executar as ações, que não só deixaram Santa Adélia em 3º lugar entre os 645 municípios do Estado, mas que também refletem na melhoria da qualidade de vida da população e na preservação do meio ambiente”, finalizou o prefeito.

 

DIRETIVA

NOTA

Município Sustentável

9,25

Educação e Estrutura Ambiental

8,30

Conselho Ambiental

10

Biodiversidade

9,13

Gestão das Águas

9,12

Qualidade do Ar

10

Uso do Solo

8,82

Arborização Urbana

8,84

Esgoto Tratado

9,99

Resíduos Sólidos

9,75