piloto_floresta_urbana.jpg

BannerMunicipioVerdeAzul

Home Meio-Ambiente Santa Adélia participa da oficina preparatória para a Operação Estiagem
Resolução conselho municipal de meio ambiente Guia de Arborização Urbana
Santa Adélia participa da oficina preparatória para a Operação Estiagem PDF Imprimir E-mail
Seg, 14 de Maio de 2018 15:19

Patrícia Cavalini

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC/SP), em conjunto com as Secretaria Estadual do Meio Ambiente, Policiamento Ambiental e Corpo de Bombeiros realizaram em São José do Rio Preto, no dia 08 de maio, no Centro de Convenções da Acirp, a Oficina Preparatória para Operação Estiagem (OPOE).

Santa Adélia esteve representada pela presidente do COMDEC (Conselho Municipal de Defesa Civil), Eva Poleto Donato, pelo secretário executivo do COMDEC, Fabrício Ferreira, pelo engenheiro agrônomo José Antônio Rigoldi, pelo técnico agrícola Marcelo Malavazi e pelo servidor municipal Carlos Costa. O intuito é preparar os municípios para lidarem com o período de seca, em que são registrados altos índices de queimadas.

Nessas oficinas que acontecem em todo o Estado de São Paulo, são abordados temas de interesse local para a construção de rede de prevenção de riscos e de desastres, ensinando os municípios a utilizarem as ferramentas existentes, como legislação aplicada à proteção e defesa civil, elaboração de plano de contingência para o período de estiagem, critérios para a decretação de situação de anormalidade e solicitação de recursos às esferas estadual e federal, além do uso de aeronaves para combate a incêndios em cobertura vegetal, sendo que tais fatores fazem parte do Programa Município Verde Azul, que tem como propósito medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental.

De acordo com a Secretária da Casa Militar e coordenadora da Defesa Civil do Estado de São Paulo, Coronel Helena dos Santos Reis, a oficina realizada em Rio Preto é também destinada aos 96 municípios que compõem a região rio-pretense. “São ensinamentos para brigadistas e agentes municipais da defesa civil que irão atuar para tentar minimizar os eventos dessa época, que são os incêndios em coberturas vegetais”, disse.

Além da preparação na oficina, os servidores também pedem a ajuda da população na prevenção de incêndios. Algumas pequenas atitudes podem evitar grandes estragos, como jogar cigarros ou fósforos acessos às margens das rodovias, especialmente de carros em movimentos; assim como não soltar balões que, além de crime, pode provocar acidentes aéreos, incêndios florestais e são um perigo para refinarias e indústrias químicas.