Secretário e coordenadora trocam de lugar na Saúde em Santa Adélia PDF Imprimir E-mail
Ter, 05 de Fevereiro de 2013 14:39

A Secretaria de Saúde de Santa Adélia volta a ser comandada pela farmacêutica bioquímica Tatiana Gaspar Duarte Antonieto e tem, desde o início do mês, o também farmacêutico Fabrício Franco como coordenador. Os dois alternam os postos desde o início de 2009, quando o prefeito Marcelo Hercolin assumiu a Prefeitura.

A fórmula adotada pelo prefeito Hercolin na condução de um dos setores mais importantes e nevrálgicos de seu governo tem mostrado eficácia. Em quatro anos a cidade evoluiu a passos largos na Saúde. "Além dos investimentos financeiros, alternar o comando entre Tatiana e Fabrício tem feito com que a pasta ganhe agilidade, algo indispensável para atender nossa população", pondera Marcelo.

Os quatro anos de trabalho conjunto deram à Tatiana e Fabrício a sintonia necessária para tratar a Saúde de Santa Adélia com o devido respeito e atenção que ela sempre mereceu e precisou, mas que nunca havia recebido. "Assumo novamente o posto de secretária, mas na prática pouca coisa muda. Continuamos com o trabalho em conjunto que vem dando resultados importantes para a cidade", aponta Tatiana.

Depois de registrar crescimentos expressivos nos valores aplicados na Saúde (foram 30,65% do orçamento municipal em 2011 e 26,01% em 2012), que resultaram na expansão efetiva do serviço prestado, tais como a ampliação da cesta básica de remédios gratuitos distribuídos à população, e do aumento de especialistas que atendem na cidade, entre outros – o desafio mudou.

Para a secretária, agora é preciso manter a qualidade do serviço ofertado. "Precisamos manter o que temos hoje com a qualidade que queremos, mas com os recursos que temos, eis o nosso maior desafio", apontou.

Um dos projetos que devem ser colocados em prática este ano é o Programa de Saúde da Família. "Temos que formar quatro equipes de agentes, que já passaram por concurso público e devem ser chamados este ano. Eles vão trabalhar e áreas delimitadas territorialmente, de acordo com a Unidade Básica de Saúde que atender o bairro em questão", aponta.

Tatiana lembra que Santa Adélia deverá receber logo mais uma Unidade de Saúde no Jardim Paulista. "A obra já começou e o projeto prevê o atendimento do PSF, assim como as unidades da Cohab, que está sendo ampliada, e a do distrito de Botelho, que foi reformada".
A secretária acredita que o programa será uma ferramenta fundamental para que o atendimento prestado à população tenha mais um salto de qualidade.

Como os recursos são limitados, o jeito é buscar alternativas. No ano passado, por exemplo, um projeto desenvolvido por Tatiana, então coordenadora do setor, conseguiu trazer recursos do Ministério da Saúde. "Participamos do Projeto Cegonha, que possibilitou o aporte de recursos importantes para a saúde das gestantes, mas estamos atentos para buscar o que for possível e aprimorar nossos serviços", afirmou.