piloto_floresta_urbana.jpg

Home Administração Somente 30 municípios estão regulares com o TCESP no primeiro quadrimestre de 2019; Santa Adélia é um deles
Somente 30 municípios estão regulares com o TCESP no primeiro quadrimestre de 2019; Santa Adélia é um deles PDF Imprimir E-mail
Seg, 22 de Julho de 2019 10:56

 

Guilherme - Gabinete 11

Patrícia Cavalini

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP) divulgou como está a situação dos municípios paulistas este ano, durante os primeiros quatro meses. O órgão avaliou os dados de todos os municípios com análise de aspectos relacionados à arrecadação da receita, gestão da despesa, aplicação no ensino, aplicação dos recursos do Fundeb, aplicação dos recursos da saúde, índice de pessoal, amortização de precatórios, entre outros fatores.

Dos 644 municípios jurisdicionados, 200 foram alertados pelo gasto excessivo com pessoal, acima do limite prudencial ou ultrapassando o teto estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Da totalidade das cidades, 541 foram alertadas com base nos incisos I e V – 340 apresentam arrecadação inferior ao planejado e 472 apresentaram fatos que comprometem a gestão orçamentária municipal.

Apenas 30 municípios deixaram de receber notificações e estão regulares diante do previsto na LRF e Santa Adélia é um deles (veja mais detalhes na tabela).

        "Pela análise do Tribunal, todos os índices relacionados ao atendimento a legislação, às metas fiscais e à boa gestão pública foram cumpridos no município", informou o prefeito Guilherme Colombo da Silva.

Segundo o prefeito isto mostra a transparência, respeito e comprometimento que sua Administração tem pelo dinheiro público. "Esta informação divulgada pelo TCESP só confirma a transparência da nossa Administração com relação à utilização dos recursos públicos, é reflexo do trabalho de toda a equipe, reafirmando a responsabilidade com o dinheiro público e o respeito com os santa-adelienses", afirmou o prefeito.

"Sempre procuramos fazer o melhor para a nossa cidade dentro da legalidade e do nosso orçamento, que é bem restrito. Respeito ao cidadão e às leis, dinheiro público sempre empregado de forma clara e no que nossa população necessita", finalizou Guilherme.

30 MUNICIPIOS REGULARES COM TCE - 1Q 2019 page-0001