Home Social Trabalho da Assistência Social estimula a cultura de paz, a valorização da amizade e dos sonhos
Trabalho da Assistência Social estimula a cultura de paz, a valorização da amizade e dos sonhos PDF Imprimir E-mail
Seg, 13 de Maio de 2019 09:42

 

Oficinas CRAS

Patrícia Cavalini

O Sistema Único de Assistência Social (SUAS) possui uma tipificação que divide seus serviços em Proteção Social Básica e Proteção Social de Média e Alta Complexidade. A Proteção Social Básica fica a cargo do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e tem como objetivo a prevenção de vulnerabilidades.

Um dos públicos alvo de trabalho do CRAS de Santa Adélia são crianças e adolescentes de 6 a 14 anos de idade. Atualmente são atendidas mais de 100 pessoas nessa faixa etária que frequentam o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV).

As atividades programadas pelas técnicas e também por oficineiras do CRAS possuem diversos temas, tais como promoção da cidadania, cultura de paz, valorização das amizades e das famílias, prevenção ao uso de drogas, valorização das relações intergeracionais, entre outros.

Na última semana, as crianças que frequentam o SCFV assistiram ao filme Zootopia. Essa obra leva crianças e adolescentes a uma representação sobre amor, caráter, persistência e amizade. Retrata medos e traumas que podem fazer os indivíduos desanimarem em alcançar seus sonhos e trabalha a importância da determinação.

Após a exibição do filme, a oficineira Letrícia da Silva Santos Terebeli realizou, de maneira lúdica, reflexões com as crianças sobre o que o filme representa. Os métodos utilizados para tanto foram a utilização de desenhos e o estímulo ao diálogo entre as crianças sobre suas impressões.

“Essa atividade é apenas uma das inúmeras realizações do CRAS e da Assistência Social como um todo. Ao longo do ano o ritmo de trabalho é intenso e programado de forma metodológica, pensando em temas de interesse e relevância para as pessoas que frequentam os serviços disponibilizados pelo município”, conta a secretária do Bem Estar Social, Marcela Alvares.

Oficinas CRAS 2