Home Saúde Vacinação contra sarampo será no próximo sábado, dia 19
Vacinação contra sarampo será no próximo sábado, dia 19 PDF Imprimir E-mail
Ter, 15 de Outubro de 2019 08:01

Vacinação Sarampo

Patrícia Cavalini

A Secretaria de Saúde de Santa Adélia informa que já está realizando as vacinas da Campanha Nacional contra o Sarampo desde a última segunda-feira, dia 7. Mas no próximo sábado, dia 19, quatro pontos de vacinação ficarão abertos das 8h às 17h, para que todos possam levar suas crianças para se imunizarem. É o Dia D.

Nesta primeira fase, que vai até o dia 25 de outubro, devem se vacinar todos os bebês de seis meses a crianças menores de 5 anos (até 4 anos, 11 meses e 29 dias), que ainda não foram vacinadas.

Ficarão abertos no próximo sábado o Centro de Saúde Dr. Benedito de Oliveira Bicudo e as Unidades Básicas de Saúde Eloy Venâncio da Silva e Carlos Palma (Cohab), além da unidade do distrito de Botelho.

No levantamento divulgado até o final de agosto, o Brasil registrou 5.404 casos confirmados de sarampo e seis mortes, sendo quatro delas de pacientes menores de 1 ano. Dos casos confirmados nesse período, 97% (5.228) estão concentrados em 173 municípios do estado de São Paulo, principalmente na região metropolitana. Os outros 176 casos foram registrados em 18 estados: Rio de Janeiro, Minas Gerais, Maranhão, Paraná, Piauí, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Ceará, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco, Pará Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Goiás, Bahia, Sergipe e Distrito Federal.

Em Santa Adélia, já foram confirmados dois casos, por isso é de suma importância que todos levem seus filhos para se vacinar.

Segunda fase

De 18 a 30 de novembro será realizada a segunda fase da campanha, direcionada para adultos na faixa etária de 20 a 29 anos, que não estão com a caderneta de vacinação em dia. Para este público, também terá um Dia D, que será um sábado, 30 de novembro.

Esse pessoal, embora mais resistente do que as crianças aos efeitos graves do sarampo, apresenta taxas de vacinação especialmente baixas.

É importante ressaltar que tanto a vacina tríplice viral é aplicada na rede pública o ano todo em brasileiros de até 49 anos que cumprem certos requisitos, dentro ou fora de surtos. Siga as orientações do Calendário Nacional de Vacinação para proteger toda a família desde cedo.